Um icebergue com o dobro do tamanho da cidade de Nova Iorque está prestes a desprender-se de uma placa de gelo da Antártida. O fenómeno deve-se a uma fenda que se está a espalhar rapidamente.

A fenda, que está a ser monitorizada pela NASA, é conhecida como a fenda Halloween e apareceu pela primeira vez na placa de gelo de Brunt em outubro de 2016. Mas, de acordo com os registos da agência espacial norte-americana, desde então tem avançado muito rapidamente para leste.

Os cientistas estimam que, nas próximas semanas, haja uma intersecção entre esta fissura e uma outra que, aparentemente, esteve estável durante 35 anos, mas que nos últimos tempos também tem avançado rapidamente, esta para norte.

Ora, quando esta intersecção acontecer, um icebergue de cerca de 1.700 quilómetros quadrados - o equivalente a duas vezes o tamanho da cidade de Nova Iorque - vai desprender-se da placa de gelo de Brunt.

Apesar de se tratar de um fenómeno natural nas placas de gelo, os cientistas temem que mudanças tão bruscas na região venham a criar grande instabilidade na placa de Brunt.

A perda de gelo do outro lado da fenda de Halloween sugere que é possível que haja mais instabilidade”, frisou Chris Shuman, um especialista da NASA e da Universidade de Maryland Baltimore.

O futuro das placas de gelo da Antártida terá uma influência decisiva no aumento do nível da água do mar em todo o mundo.

Estudos recentes indicam que o gelo na região está a derreter a um ritmo muito elevado, o que representa grande perigo para muitas cidades costeiras.