A assistente virtual da Google faz chamadas por si. Liga, negoceia e marca o que quiser. Esta foi uma das novidades avançadas pela Google durante a conferência anual dedicada a programadores I/O, em São Francisco, Estados Unidos. 

A assistente pode, por exemplo, marcar-lhe o cabeleireiro ou reservar-lhe uma mesa no restaurante. E tudo isto com a voz que quiser. Sim,  pode escolher a voz do seu assistente, que pode ser, por exemplo, a do cantor John Legend. 

Isto tudo vai estar disponível no final deste ano e a partir de uma tecnologia chamada Google Duplex.

O fundador da Google, Sundar Pichai, mostrou esta funcionalidade na conferência. E até pôs a tocar uma gravação onde se ouve a assistente marcar o cabeleireiro. 

É importante para nós que os utilizadores e empresas tenham uma boa experiência com este serviço e a transparência é chave disso. Nós queremos ser claros sobre a intenção das chamadas para que as empresas percebam o contexto. Vamos continuar a experimentar com a abordagem certa nos próximos meses", realçou Sundar Pichai. 

Mas estas chamadas não foram as únicas novidades divulgadas pela empresa, que também apresentou a atualização da Google News e os mais recentes avanços na inteligência artificial. 

A saúde é uma das principais indústrias que a inteligência artifical vai mudar”, explicou Pichai.

Exemplo disso é o teclado digital - Gboard - que foi adaptado para código morse. Esta funcionalidade foi pensada para que as pessoas com dificuldades motoras tenham mais facilidade em comunicar. 

No que diz respeito à Google News, a plataforma vai mostrar ao utilizador só as notícias que lhe interessam, tendo por base os seus gostos e preferências. Haverá ainda opção "cobertura completa", onde a Google News vai mostrar a mesma notícia tratada pelos vários meios de comunicação.