Um adolescente da pequena cidade indiana de Tamil Nadu construiu o satélite mais leve do mundo. Rifarh Shaarook é o nome deste cientista de 18 anos.

Durante uma competição científica, Rifath idealizou um pequeno satélite capaz de entrar na órbita terrestre. O satélite foi construído com uma impressora 3-D a carbono e pesa 64 gramas.

Desenhei o satélite através de um rabisco que tinha feito."

O antigo presidente da Índia Abdul Kalam, um pioneiro da indústria aeroespacial indiana, dá nome à invenção deste jovem cientista.

O KalamSat ganhou entretanto uma competição organizada pela Agência Espacial Norte-Americana (NASA).

Pequeno como o satélite é o tempo de voo em órbita: o KamalSat tem autonomia de apenas 12 minutos.

O satélite deverá ser colocado em órbita pela NASA, mas num ambiente de microgravidade. A microgravidade é um ambiente que simula a perda de gravidade usado para testes de astronautas antes de partirem para o espaço.

Rifarh Shaarook trabalha agora numa organização pela promoção da educação e ciência entre as crianças indianas.