O homem mais rico do mundo, Jeff Bezos, deixa hoje a Terra pela primeira vez, na companhia do irmão, de um estudante e de uma pioneira da aviação.

O voo da Blue Origin, companhia fundada pelo magnata norte-americano em 2000 e no qual seguirá também o seu irmão Mark, descolará do Texas às 14:00 (hora em Lisboa).

Se tudo correr conforme o previsto, Jeff e Mark Bezos, o jovem holandês Oliver Daemen, de 18 anos, e a ex-piloto norte-americana Wally Funk, de 82 anos, irão ver a Terra de uma janela e viver em microgravidade durante três ou quatro minutos antes de regressarem à Terra, a uma zona deserta do Texas, dez minutos depois da descolagem.

Vai poder seguir aqui em direto:

O primeiro voo tripulado da Blue Origin ocorre no dia em que se completam 52 anos sobre a chegada dos americanos, e dos dois primeiros humanos, à superfície da Lua.

Wally Funk concretizará o sonho de ir ao espaço depois de na década de 60 ter sido rejeitada para o programa de astronautas por ser mulher.

Oliver Daemen, cujo pai, multimilionário, cedeu-lhe o lugar na viagem depois da desistência de outro candidato, que pagou 23,7 milhões de euros pelo bilhete leiloado, é fascinado pelo espaço, Lua e foguetões desde os quatro anos e tem uma licença de piloto privado.

Oliver e Wally vão, ainda, tornar-se nas pessoas mais nova e mais velha no espaço.

O foguetão New Shepard, no topo do qual está acoplada a cápsula onde seguirão os quatro turistas espaciais, é autónomo e irá alcançar uma altitude de 106 quilómetros, acelerando em direção ao espaço a uma velocidade três vezes superior à do som.

Depois de se separar da cápsula, o New Shepard aterrará na vertical no Texas.

Jeff Bezos, o irmão, o estudante e a ex-piloto regressarão poucos minutos depois ao ponto de partida na cápsula equipada com um paraquedas, que amenizará a descida à Terra.

A primeira viagem turística espacial da Blue Origin sucede em pouco tempo à também inaugural da Virgin Gallactic, onde seguiu o patrão e multimilionário britânico Richard Branson.

/ CM