A Samsung vai chamar para reparação 2,8 milhões de máquinas de lavar roupa nos Estados Unidos por questões de segurança, anunciou hoje a empresa sul-coreana e uma comissão de defesa do consumidor norte-americana.

A informação foi conhecida após a empresa sul-coreana ter retirado recentemente do mercado o seu modelo de telemóvel Galaxy Note 7 por um defeito de fabrico que poderia levar à explosão da bateria.

Este novo caso abrange 34 modelos em que a tampa "pode desprender-se inesperadamente" quando a máquina está em funcionamento, havendo o "risco de sofrer lesões por impacto", refere a comissão.

Redação / STS