E no que aos «indies» diz respeito, a Microsoft parece querer ajudá-los a crescer. 



Agora, é preciso fazer com que rapidamente comecem a aparecer portugueses nesses clips .