É esta quarta-feira que passará próximo da Terra o asteróide Apollo 441987, ou 2010 NY65Na, segundo o Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra (CNEOS) da NASA.

Com dimensão estimada entre 140 e 310 metros, o corpo espacial deve atingir a distância de 3,7 milhões de quilómetros do planeta. Trata-se de dez vezes a distância da Lua em relação à Terra.

A distância mais curta já alcançada por um asteróide em relação ao planeta azul data de 2018, quando passou a aproximadamente 2,7 milhões de quilómetros.

O asteróide viaja a uma velocidade de 46 mil quilómetros por hora e os especialistas dizem que não há perigo de colisão com a Terra.

A "pedra espacial" foi observada pela primeira vez em junho de 2010 pelo telescópio WISE, que entretanto foi desativado pela NASA.

Desde 2012 que o corpo rochoso realiza aproximações anuais à Terra entre os meses de junho e julho, uma tendência que deverá permanecer até 20135.

Lara Ferin