A NASA anunciou na quarta-feira que o telescópio Kepler, com que procura provas da existência de planetas similares à Terra, apresenta uma «falha» no sistema de direção que põe o seu futuro em perigo.

Os técnicos espaciais indicaram que perderam o controlo de dois dos quatro rotores utilizados para estabilizar e ajustar a direção das lentes.

O Kepler, que vigia mais de 150 mil estrelas em busca de planetas ou candidatos a planetas, está a fazer órbitas ao Sol a 64 mil milhões de quilómetros da Terra.

Lançado em 2009, para procurar provas da existência de planetas similares à Terra ou nos quais se deem as condições de temperatura médias onde possa existir água líquida, já detetou 132 planetas além do sistema solar.
Redação / CP