A agência espacial Russa anunciou hoje que Alexei Leonov, o primeiro humano a caminhar no espaço há 54 anos, morreu em Moscovo, aos 85 anos.

A Roscosmos afirmou, em comunicado publicado no seu 'site' da Internet, que Leonov morreu hoje, mas não forneceu detalhes.

Leonov protagonizou a sua caminhada no espaço a 18 de março de 1965, quando saiu da cápsula Voskhod 2, suspenso por um cabo.

Na sua segunda viagem ao espaço, 10 anos mais tarde, Leonov comandou a metade soviética da missão 19 da Apolo-Soyuz. Foi a primeira missão espacial conjunta entre a União Soviética e os Estados Unidos, realizada no auge da guerra fria.

O cosmonauta completou 85 anos em maio. Alguns dias antes, dois membros russos da tripulação da Estação Espacial Internacional aventuraram-se em espaço aberto numa caminhada planeada, com autocolantes nos fatos espaciais, prestando-lhe homenagem e congratulando-o do espaço.

De acordo com a Roscosmos, Leonov será sepultado na terça-feira num cemitério memorial militar fora de Moscovo.