O núcleo da Terra gira a velocidades diferentes, acelerando e desacelerando com frequência, e este movimento não está sincronizado com o a da massa restante do planeta, segundo um estudo divulgado hoje na Austrália.

A investigação liderada por Hrvoje Tkalcic, da Universidade Nacional Australiana (ANU), revelou que não só a taxa de rotação do núcleo é diferente da do manto, a camada que está debaixo da crosta terrestre, como a sua velocidade é variável, escreve a Lusa.

«É a primeira prova experimental de que o núcleo gira a velocidades diferentes», disse Tkalcic num comunicado da ANU.