O Grupo Leya vai disponibilizar livros em formato digital já a partir de Setembro. O mercado digital é uma das apostas da «rentreé» literária deste grupo, que vai lançar uma plataforma de «e-books» (livros em formato digital), de acordo com fonte editorial citada pela Lusa.

Os conteúdos literários em formato electrónico vão estar disponíveis através da livraria digital mediabooks.pt. «Os bons resultados desta plataforma levam o grupo a fazer esta aposta», explicou a mesma fonte à Lusa.

Os primeiros livros a ser incluídos nesta plataforma serão títulos já publicados no formato tradicional de José Saramago, Mia Couto, José Eduardo Agualusa e António Lobo Antunes.

«A escolha passa por grandes autores lusófonos», sublinhou a mesma fonte.

O grupo LeYa integra 13 editoras, entre elas Editorial Caminho, Publicações D. Quixote e Oficina do Livro.

A LeYa foi criada no início de 2008 pelo empresário Miguel Paes do Amaral, sob o lema «pôr a ler o português universal».

Do grupo Leya fazem ainda parte as Edições ASA, Gailivro, Edições Nova Gaia, Texto Editores, Ndjira (Angola), Nzila (Moçambique), Caderno, Casa das Letras, Teorema, Estrela Polar e Sebenta.