E se fosse possível prever grandes acontecimentos mundiais recorrendo à informática? Uma investigação norte-americana aponta que isso poderá ser uma realidade, alimentando com milhões de notícias um super-computador.

De acordo com a BBC, um estudo demonstrou que a análise de uma quantidade gigantesca de artigos sobre a Líbia e o Egipto, anteriores às revoluções que eclodiram nos dois países, assinalaram que a situação política se estava a deteriorar de forma acentuada.

O sistema apontou também para pistas sobre a localização do líder da Al Qaeda, Osama Bin Laden, de acordo com a cadeia de media britânica.

O objectivo é aplicar esta técnica - testada ainda apenas de forma retrospectiva - para tentar prever acontecimentos futuros.

Este estudo foi realizado na Universidade do Illinois, nos EUA e foi apresentada na publicação «First Monday».

A informação analisada foi recolhida através dos serviços do norte-americano Open Source Centre e da BBC Monitoring, que recolhem informações de media locais de todo o mundo.

O computador que tratou a informação tem um poder de processamento de 8.2 teraflops.
Redação