Chamam-se Fluffy e Spot e são dois robots de quatro pernas da Boston Dynamics que estão agora numa das fábricas da Ford, no Michigan, Estados Unidos, para ajudar à sua remodelação.

Os robots estão equipados com cinco câmaras, capazes de capturar imagens das instalações da fábrica em 360 graus, com a vantagem de subirem e descerem escadas.

Ao fazer uso destes robots, a empresa poupa tempo e dinheiro.

“Costumávamos usar um tripé e teríamos de andar por todas as instalações, parando em diferentes localizações, cinco minutos de cada vez à espera que o laser terminasse o scan. Analisar uma fábrica demoraria duas semanas. Com a ajuda do Fluffy, conseguimos fazê-lo em metade do tempo”, sublinhou o gestor de engenharia digital da Ford, Mark Goderis.

Mas os “novos engenheiros” são apenas ajudantes, referiu o gestor.

"O nosso objetivo não é deslocar a força de trabalho”, mas sim “automatizar os nossos processos e tornar os engenheiros e as pessoas que trabalham para a nossa empresa mais eficientes e eficazes na construção de produtos de qualidade".

O Fluffy é atualmente controlado por um engenheiro com recurso a um dispositivo portátil, move-se até 4,8 quilómetros por hora, e tem cerca de duas horas de autonomia.

Lara Ferin