A obesidade já provoca mais casos de quatro tipos de cancro do que o tabaco, no Reino Unido. Falamos do cancro do colón e reto, do cancro do rim, do cancro dos ovários e do cancro do fígado.

A conclusão é do Centro de Investigação para o Cancro do Reino Unido, que adverte que há milhões de pessoas em risco de desenvolver cancro por causa do seu peso.

De acordo com este centro, no Reino Unido a obesidade está no segundo lugar de fatores que causam cancro e que podem ser prevenidos, logo a seguir ao tabaco: a obesidade está na origem de cerca de 22.800 casos de cancro por ano, enquanto os cigarros causam 54.300. Mas se se olhar para a origem dos quatro tipos de cancro referidos, a obesidade destaca-se.

No caso do cancro do colón e do reto, em 42.000 casos, cerca de 4.800 são causados pela obesidade e 2.900 pelo tabaco; já em relação ao cancro do rim, em 12.900 casos, a obesidade provoca 2.900 e o tabaco 1.600; no cancro do fígado, em 5.900 casos a obesidade causa 1.300 e o tabaco 1.200; em relação ao cancro dos ovários, em 7.500 casos, a obesidade provoca 490 e o tabaco 25.

O centro adverte ainda que enquanto o consumo de tabaco tem diminuído no país, a obesidade, considerada a epidemia do século XXI, tem aumentado.

Em Portugal, os dados revelam que cerca de 60% dos portugueses são obesos ou para lá caminham