Aquele que se acredita ser o animal mais comprido do mundo foi documentado nos desfiladeiros submarinos de Ningaloo, no Oceano Índico. Este sifonóforo, da classe dos invertebrados marinhos, foi descoberto a 610 metros de profundidade.

Os especialistas acreditam que este é o animal com o maior comprimento alguma vez captado. 

Parecia uma criatura extraterrestre”, admitiu Dr. Wilson, cientista do Western Australian Museum, entidade parceira nesta pesquisa.

A criatura gigante tem características gelatinosas e possui tentáculos, segundo contam os cientistas nas imagens partilhadas durante esta expedição que teve um mês de duração e aconteceu na costa da Austrália. 

Para além deste animal, o Instituto descobriu mais 30 novas espécies sub-aquáticas. 

O que é particularmente fascinante nesta parte do mundo, é que ainda não foi explorada. Sempre que mergulhamos, o mar é tão vasto e tão pouco conhecido que é fácil fazer novas descobertas e encontrar algo nunca antes visto. Parece que estamos noutro planeta”, disse Jyotika Virmani, diretora-executiva do Schmidt Ocean Institute.

Catarina Cardoso