Na semana passada, a Samsung apresentou o seu novo modelo de telemóvel chamado Galaxy Fold, que permite desdobrar o ecrã, criando um tablet. Agora, surge a resposta da Huawei. Este domingo, na véspera da Mobile World Congress (MWC), a maior feira de smartphones e tecnologia móvel do mundo, a empresa chinesa lançou o Mate X, que, tal como o dispositivo da Samsung, tem um ecrã desdobrável.

Mas há grandes diferenças entre as duas propostas e uma delas é o preço: o modelo da Samsung irá ter preços acima dos dois mil euros e o Mate X, da Huawei, vai custar 2300 euros.

Quanto ao tamanho do ecrã, a empresa chinesa apresenta um telemóvel maior. Desdobrado, o novo modelo da Huawei transforma-se num tablet de oito polegadas, contra as 7,3 polegadas do Galaxy Fold, da Samsung. Quando está fechado (ou seja, quando o ecrã está dobrado), o Mate X tem uma espessura de 1,1 centímetros. Quanto ao modelo da Samsung, não se conhece a espessura. 

Outros dos destaques do novo smartphone da Huawei é a conectividade 5G. Com a data de lançamento marcada para o meio do ano, o Mate X vai ser um dos primeiros equipamentos 5G a chegar ao mercado. 

O Mate X terá ainda duas baterias que, no total, perfazem 4,5 mil miliampéres e ten a possibilidade para dois cartões SIM. No que diz respeito à capacidade de armazenamento, o modelo mais recente da Huawei vai ter 8GB de memória RAM e 512GB de memória interna.

A Huawei e a Samsung são atualmente as duas maiores rivais ao nível dos telemóveis e a guerra está ao rubro. Resta saber se a moda dos telemóveis desdobráveis vai pegar e qual das duas empresas sairá vencedora.