Tim Berners-Lee, o homem que criou a internet há precisamente 20 anos, confessou, em entrevista ao jornal «The Sunday Telegraph», que foi vítima de fraude através da Internet. Berners-Lee confessou que comprou um presente de Natal online numa loja que não existia. Só percebeu que tinha sido enganado porque nunca chegou a receber o presente.

«A pior coisa que me aconteceu foi quando tentei comprar um presente de Natal, numa loja que me parecia idónea. Afinal era completamente falsa. Acredito que ainda vou receber o dinheiro, apesar de não ser muito», contou Berners-Lee.

Por causa deste episódio e porque um quarto dos britânicos já foi vítima de um qualquer tipo de fraude online, o criador da Internet apela às autoridades para que combatam o cibercrime com o mesmo afinco com que combatem o crime convencional. Tim Berners-Lee defende também que sejam tomadas novas medidas para proteger os utilizadores da Internet do software malicioso que circula na Web.