Um jovem britânico de 21 anos foi sentenciado a um ano de prisão por ter entrado numa conta de Facebook de alguém nos EUA, informou a AFP.

Segundo adiantou a polícia britânica, Scotland Yard, Gareth Crosskey entrou numa conta privada da rede social em janeiro de 2011. O ato foi registado pelo FBI que seguiu o rasto do cibernauta até ao Reino Unido.

O jovem admitiu a culpa por duas ofensas e acabou por ser condenado esta quarta-feira. Gareth Crosskey tinha sido detido em Julho de 2011, altura em que viu todo o seu material informático apreendido pelas autoridades.

A identificação da vítima nos EUA não foi revelada.
Redação / CLC