A Google está a banir o Microsoft Windows do sistema da empresa, devido a preocupações com a segurança, noticia o «Financial Times».

Os membros do gigante de buscas vão utilizar o sistema operativo da Apple ou o Linux, enquanto se desenvolvem esforços para travar a falha de segurança que permite que hackers chineses tenham acesso às contas de e-mail da Google.

Os especialistas em segurança defendem que os hackers exploraram uma falha no browser do Microsoft Internet Explorer para acederem às contas do Gmail de activistas dos direitos humanos e dissidentes chineses.

A Google está a lançar o seu próprio sistema operativo, o Chrome OS.

«Não acho justo dizer que o Linux ou o OS são mais seguras que o Windows, mas é razoável afirmar que existe um número de ataques muito menor a ameaçar essas plataformas», defendeu um consultor de tecnologia, Graham Cluley.

«Com o Google Chrome OS, pode ser o primeiro passo para a Google provar que uma empresa pode sobreviver sem muita dependência da Microsoft», concluiu.
Redação / VG