As autoridades do Uzbequistão baniram uma lista de videojogos, considerando que estes “distorcem valores morais”. Nesta lista constam o Grand Theft Auto (GTA) e o SIMS, dois dos videojogos mais populares no mundo.

A importação e a comercialização dos 34 videojogos que constam nesta lista é agora proibida. As razões apontadas pelas autoridades são a possível difusão de conteúdo violento e pornográfico contido nestes jogos de realidade virtual.

A potencial "distribuição de informações falsas sobre o Uzbequistão e a distorção de valores históricos, culturais e espirituais" foi outra das justificações apresentadas. As autoridades uzbeques temem ainda que estes jogos possam perturbar "a paz civil e a harmonia interétnica e inter-religiosa".

"Querem cultivar o patriotismo na juventude, mas a proibição só vai piorar as coisas", disse um utilizador uzbeque, identificado como danilakhaidarov, citado pela BBC.

O governo do Uzbequistão quer proteger os jovens de “influências destrutivas”. Na lista, aprovada por uma comissão do governo, constam jogos de armas, horror e erotismo. Grand Theft Auto: San Andreas (GTA), Call of Duty: Black Ops, Silent Hill, Resident Evil, Mortal Kombat ae Doom são alguns dos videjogos banidos.

A lista contém jogos aparentemente inócuos como o The Sims, uma série de jogos de simulação de vida entre os mais vendidos de todos os tempos. A maioria dos jogos são amplamente populares e prontamente disponíveis em cibercafés e lojas de videojogos em todo o país.