A Apple anunciou, esta segunda-feira, já ter vendido 2 milhões de iPads. O computador foi lançado há cerca de dois meses nos Estados Unidos. O comunicado da Apple, citado pela Agência Reuters, não especifica os dados de vendas a nível regional. A empresa lançou o produto em mais nove mercados no último fim-de-semana.



Australianos, canadianos, franceses, alemães, italianos, japoneses e ingleses fizeram fila, na última sexta-feira, para comprar o novo «brinquedo» da marca mãe do iPhone. A procura a nível internacional foi tal que a empresa só agora o conseguiu lançar nestes mercados, não tendo sido capaz de dar vazão a tantas encomendas nos Estados Unidos. Só no primeiro mês de vendas em terras de Tio Sam, foram vendidos mais de um milhão.

Em Julho, a Apple lança o iPad em mais nove países. Uma empresa de estudo de mercados, a RBC Capital Markets, estima que as vendas do aparelho ultrapassem os 8 milhões, numa receita de mais de 4 mil milhões de dólares.
Redação / MM