Foi descoberta uma nova espécie de na Serra de Perijá, por cientistas da Venezuela e da Colômbia. Foi encontrada numa vasta cadeia montanhosa partilhada pelos dois países, que é lar de espécies endémicas como este pequeno anfíbio.

Com uma pele multicolorida e canto único, a Hyloscirtus japreria habita rios e cursos de água a mais de mil metros de altitude. Foi descoberta durante expedições realizadas na última década.

Os sons que emite, que podem ser ouvidos a cerca de 15 metros de distância, são uma das suas características distintivas”

Revelação feita pelo biólogo Edwin Infante, sendo que a descoberta foi divulgada na revista científica Zootaxa, elevando para 37 o número de espécies já identificadas do género Hyloscirtus.

O nome da nova espécie de rã presta homenagem aos járerias, um grupo étnico de Perijá, no estado de Zulia, no noroeste da Venezuela.

"Passaram-se vários anos antes que pudéssemos obter evidências suficientes de que se tratava de uma nova espécie", afirmou o biólogo Fernando Rojas-Runjaic, coordenador do estudo, que começou em 2008.

Quando apareceu pela primeira vez - um macho adulto - foi um orgasmo intelectual."

O espécime foi reconhecido por seu canto particular: um "piu prolongado".