Falhou o teste do avião supersónico da Força Aérea dos Estados Unidos.

O WaveRider até foi lançado do bombardeiro B-52 com sucesso mas só conseguiu voar 16 segundos. Uma falha técnica impediu a ignição do motor Scramjet, que permite atingir seis vezes a velocidade do som.

O aparelho desintegrou-se antes de cair no oceano pacífico.

Desde 2004, este é o terceiro teste da aeronave financiado pelo Pentágono. O objetivo era fazer um voo de cinco minutos a 5793 quilómetros por hora.

Os norte-americanos querem desenvolver a tecnologia para transportar mísseis ou aviões para qualquer parte do mundo em poucos minutos.
Redação / CLC