A garantia é dada esta quinta-feira pelo ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva que também tutela a Comunicação Social.

O período de consulta pública da TDT terminou na passada segunda-feira dia 15 de Outubro às 00h00 e obteve «dezenas de prenúncias» (20). Agora a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) e o gabinete dos meios de Comunicação Social «vão ter que apresentar um relatório dentro de três a cinco semanas, que será posteriormente entregue pelo Governo, que depois decidirá», sublinhou o ministro à margem da Conferência Internacional sobre Evolução do Serviço Público de Televisão organizada pela RTP.

TDT em casa quando?

Augusto Santos Silva lembrou, ainda, que os portugueses poderão ter TDT em casa «quando entenderem» mas lembra que «o processo vai demorar pelo menos três anos a ser implementado».

Admite que o Governo «espera lançar o concurso ainda durante este ano» e que o país estará coberto pela Televisão Digital Terrestre (TDT) em 2011, sendo que o apagão (o fim das transmissões em sinal analógico) será em 2012.
Carla Pinto Silva