Quatro anos depois da última aparição em Roland Garros, Roger Federer arrancou o Grand Slam francês com uma vitória autoritária sobre o italiano Lorenzo Sonego.

O tenista suíço impôs-se em três sets, pelos parciais de 6-2, 6-4 e 6-4.