O sérvio, número dois do mundo, bateu o croata Marin Cilic, num jogo em que até esteve a perder por dois sets a um. Djokovic, que em caso de vitória do Grand Slam londrino destrona Rafael Nadal da liderança do ranking, venceu pelos parciais de 6-1, 3-6, 6-7, 6-2 e 6-2 e vai defrontar o búlgaro Grigor Dimitrov, que eliminou o vencedor da prova em 2013, Andy Murray.

Num duelo cem por cento helvético, Federer triunfou sobre Stanislas Wawrinka pelos parciais de 3-6, 7-6, 6-4 e 6-4. O antigo número um mundial e recordista de títulos do Grand Slam (17), continua em busca de um oitavo e inédito triunfo em Wimbledon. 

Federer vai defrontar o canadiano Milos Raonic, que derrotou esta tarde o australiano Nick Kyrgios em quatro parciais.