A autoridade nacional do medicamento (Infarmed) ordenou esta quarta-feira a retirada do mercado do termómetro por infravermelhos, sem contacto, do fabricante Hunan Yinghe Kangyuan Biological Engineering por incumprimento da legislação europeia sobre dispositivos médicos.

O Infarmed adianta, em comunicado, que os distribuidores Dia Portugal Supermercados, Sociedade Unipessoal e Price Tag Cash & Carry, Unipessoal Lda já se encontram a desenvolver “as ações necessárias” para a recolha do termómetro modelo YHKY-2000.

Segundo a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, o referido termómetro não se encontra em conformidade com “a legislação europeia aplicável ao setor dos dispositivos médicos, por não apresentar marcação CE, informação acerca do mandatário nem do organismo notificado”.

O Infarmed determinou a “imediata suspensão da comercialização” do termómetro e mandou recolher os exemplares no mercado, apelando às entidades que disponham de unidades deste dispositivo médico para que não o comercializem ou utilizem.

/ BMA