Natxo González, treinador do Tondela, na sala de imprensa, após derrota por 3-2 frente ao Gil Vicente:

«Sim, demos uma hora de avanço ao Gil Vicente. É uma equipa sem pressão, com boa dinâmica, contra um Tondela a necessitar de ponto e não estivemos bem. Entramos com medo e quando demos conta já perdíamos 3-0. Ainda recuperámos, mas já não fomos a tempo.

Só depois de estarmos a perder é que nos libertamos e procuramos o resultado, mas já perdíamos por três e isso não pode acontecer. Ao fim de 32 jornadas, este tipo de coisa não pode acontecer, ainda se fosse à segunda ronda, havia desculpa.

Não me surpreende esta luta final pela manutenção. Estamos aqui para lutar nestes dois últimos jogos, muito difíceis, e temos de somar o número de pontos suficientes para nos manter. Tenho de me manter positivo, pelo menos na forma de pensar, algo que por dentro… é melhor nem falar disso.

A entrada de Jota e do Arcanjo foi um prémio para eles. São um bom exemplo e são jogadores de futuro. Quero felicitá-los porque nos mostraram coisas que outros, com uma carreira mais longa, não o fizeram.»

Nuno Dantas / Estádio Cidade de Barcelos, Barcelos