Um grupo de cientistas chineses, canadianos e britânicos publicou um artigo na revista Science sobre um ovo de dinossauro fossilizado encontrado na província chinesa de Jiangxi que contém um embrião de 27 centímetros, informou a emissora estatal CCTV.

O ovo fossilizado, que tem uma forma alongada e tem 17 centímetros de comprimento, tem cerca de 70 milhões de anos e contém um dos fósseis de embriões de dinossauro mais bem preservados de sempre, de acordo com a CCTV.

O embrião pertence ao período Triássico dos terópodes e está amontoado dentro do ovo numa postura com a cabeça entre as pernas, que até agora só foi encontrada em dinossauros aviários, de acordo com o estudo.

"Esta postura é muito semelhante à das aves atuais quando os seus ovos estão prestes a eclodir, e pensamos que os dinossauros teriam eclodido de forma semelhante às aves da nossa época", disse um dos cientistas, Fion Ma Wai-sum, ao jornal de Hong Kong South China Morning Post.

Ma disse ao jornal que o fóssil é mais uma prova de que as aves de hoje são derivadas de dinossauros terópodes.

/ AM