"O homem morto estava a respirar. Vimos o seu estômago a mover-se para cima e para baixo". 



"O paciente estava numa maca e tinha o rosto e as orelhas infetados com larvas, geralmente encontradas em corpos decompostos. A pulsação e o batimento cardíaco do homem estavam ausentes e ele tinha as pupilas dilatadas, o que é comum em pacientes que estão perto da morte”