Um GNR aposentado compulsivamente e toxicodependente foi condenado a sete anos de prisão pela prática de oito crimes de roubo. De acordo com o acórdão a que a TVI teve acesso, os crimes ocorreram na via pública, no Barreiro, entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019.

O homem utilizava o método de esticão ou ameaçava as vítimas, algumas idosas, com uma faca. De acordo com o mesmo documento, em dois dos crimes, chegou a atirar as vítimas ao chão, com empurrões, provocando-lhes sequelas físicas que necessitaram de tratamento hospitalar. O arguido surgia ao volante dum veículo, que imobilizava no local das abordagens, e de onde fugia, retomando a condução.

Para além dos sete anos de prisão efetiva, o arguido foi, ainda, condenado ao pagamento de uma indemnização a cada uma das vítimas.