2018 foi um ano de novos avanços do populismo

Dois países importante, a Itália e o Brasil, escolheram ser governados por partidos e líderes populistas