27 crianças refugiadas desapareceram em Portugal no ano passado

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras refere que são situações ligadas à utilização do regime de asilo, como forma para se ter acesso a outros países na União Europeia