"A embaixada angolana também recebeu o nome dos manifestantes contra os presos políticos?"

A coordenadora Bloco de Esquerda exigiu esta quinta-feira conhecer todos os casos em que a Câmara de Lisboa, assim como outras autarquias do país, forneceram dados pessoais de promotores de manifestações a países estrangeiros ou a empresas.

Sobre "Notícias"