"A nossa paciência terminou". Suécia critica demora de Portugal e ameaça romper acordo

Para evitar a dupla tributação dos suecos que vivem em Portugal, os dois países assinaram um acordo. Agora, falta Lisboa ratificar o documento, e, em entrevista ao Jornal Público, a ministra sueca das Finanças, Magdalena Andersson, diz que "esperámos muito tempo, a nossa paciência terminou".

Sobre "Jornal da Uma"