"A repercussão da pandemia na nutrição das crianças pode ser mais grave do que a Covid-19"

Mais de seis milhões de crianças com menos de cinco anos correm o risco de sofrer desnutrição, devido à pandemia de Covid-19. 

Alexandra Bento, bastonária da Ordem dos Nutricionistas, sublinhou que, no caso das crianças, a fome gerada pela pandemia terá repercussões mais graves.

Apesar de Portugal não ter tido a cadeia de abastecimento de alimentos afetada, muitas famílias viram os seus rendimentos diminuir, pondo em causa a nutrição das crianças.

Sobre "Diário da Manhã"