Aceleração do excedente orçamental “é um caminho que é mau para os portugueses”

José Pacheco Pereira realçou as lacunas do Orçamento do Estado apresentado por Mário Centeno. O comentador da TVI referiu que a ortodoxia financeira não mudou, acrescentado que não existe qualquer alteração qualificativa no documento apresentado pelo Governo. Pacheco Pereira criticou ainda que as cativações, que considera serem uma disfunção completa do funcionamento do estado. O comentador garantiu que tem a convicção de que o Governo já tem a garantia que o orçamento vais ser aprovado, porque se assim não fosse haveria uma dramatização muito maior.

Sobre "Circulatura do quadrado"