Acordo à esquerda: o que já está e o que falta

Salários da função pública são repostos na totalidade em 2016. Cai o congelamento das pensões e a redução da TSU dos trabalhadores. Aumento do salário mínimo para os 600 euros é das questões mais sensíveis