Advogada de Pereira Cistóvão: "Não podemos concordar que persistam dois crimes de sequestro”

O antigo vice-presidente do Sporting Paulo Pereira Cristóvão e o líder da claque Juventude Leonina Mustafá foram condenados, nesta sexta-feira, a sete anos e meio de prisão e seis anos e quatro meses, respetivamente, no processo de assaltos violentos a residências na Área Metropolitana de Lisboa

Sobre "Notícias"