Aeródromo de Tires: Autoridade Tributária só fiscalizou 53 dos 80 voos registados este ano

O Aeródromo de Tires era o destino do jato intercetado com 500 quilos de cocaína no Brasil. Este aeródromo tem sido alvo de suspeitas e agora confirma-se que as fiscalizações alfandegárias, fiscais e criminais têm sido insuficientes.

Sobre "Jornal das 8"