Alegado cúmplice português de Isabel dos Santos está em parte incerta

Guilherme Taveira Pinto, alegado cúmplica português de Isabel dos Santo, está desaparecido. Tem 65 anos, dupla nacionalidade e passaporte angolano, e será um dos homens-chave na teia de negócios da filha do ex-presidente angolano, facilitando comissões e subornos.

Entretanto, ativistas angolanos acreditam que Manuel Vicente, ex-vice-presidente que esteve no centro da discórdia entre Portugal e Angola, estará a ser protegido por colaborar com a Justiça.

O empresário luso-angolano está em paradeiro desconhecido desde 2016 e tem já mandado de captura internacional emitido por Espanha, por causa de um esquema de subornos e negócio de armas entre angolanos e espanhóis.