Alexandra Borges: Universidade Católica fatura mais de 65 milhões e não paga impostos

Esta universidade cobra propinas à semelhança das outras universidades particulares, mas é a única que tem uma isenção fiscal atribuída por decreto-lei

Sobre "Alexandra Borges"