Algarve espera "enorme" impacto da falência da Thomas Cook

A falência do operador turístico britânico poderá ter um impacto enorme no turismo algarvio.

 

Além da machadada em importantes mercados, como o Reino Unido, Alemanha e Holanda, a falência deixa contas por pagar em várias unidades hoteleiras e outros agentes turísticos do Algarve.

 

O presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve diz que os prejuízos podem ascender aos milhões de euros.

Sobre "Jornal da Uma"