Amália Rodrigues morreu há 22 anos e tem candidatura à Unesco

Foi há precisamente 22 anos que nos despedimos de Amáilia Rodrigues.

Para marcar este dia, o Governo anunciou, esta quarta-ferira, a candidatura das gravações da fadista ao programa da UNESCO “Memória do Mundo”.

Sobre "Jornal da Uma"