Amorim suspenso: “Porque é que este clube não pode triunfar? Existe uma pequena perseguição”

Rúben Amorim volta a estar proibido de se sentar no banco de suplentes. O técnico do Sporting voltou a ser suspenso, desta feita por seis dias, e falha o encontro com o Rio Ave.

O treinador foi punido pelas declarações feitas no jogo com o FC Porto, em outubro. O Sporting já recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto e acusa o Conselho de disciplina de ter tido uma “deliberação ilegal e injusta”.

Bruno Andrade não entende a decisão do Conselho de Disciplina e garante que parece que está a haver uma perseguição tanto a Rúben Amorim como ao Sporting, que poderá ser justificável com o caso João Palhinha.

Sobre "Mais Bastidores"