André Ventura recusa pedir desculpa a família que apelidou de "bandidos"

André Ventura respondeu esta segunda-feira em tribunal por ter chamado bandidos a uma família de moradores do bairro da Jamaica, no Seixal, durante um debate para a campanha das eleições presidenciais. 

O líder do Chega nega as acusações de racismo e diz que apesar de não ter tido a intenção de ofender os visados, voltaria a usar a mesma expressão.

Sobre "Jornal das 8"