Principal suspeito da morte de Antónia Pinho, no domingo, tinha um mandado de detenção desde o início de setembro