António Costa: "É um momento de grande tristeza. Eduardo Lourenço era um amigo e um camarada"

Morreu o ensaísta Eduardo Lourenço, de 97 anos, esta terça-feira, em Lisboa.

O primeiro-ministro reagiu à morte do ensaísta, durante as comemorações do 1 de dezembro, sublinhando a proximidade que tinha com o autor.

António Costa revelou ainda que quarta-feira será dia de luto nacional, em homenagem a Eduardo Lourenço. 

Sobre "Notícias"