António Costa: "Não há nem haverá qualquer acordo com esta direita"

O candidato do PS a primeiro-ministro deixou claro, durante uma arruada em Vizela, que não pode haver entendimentos à direita porque não aceita cortes nas pensões.