As provas da fuga de Ray para Lisboa

Documentos provam que James Earl Ray, o homem que matou Martin Luther King há 50 anos, passou por Lisboa quando fugia das autoridades norte-americanas.